Mestrado Profissional Inovação no Ensino Superior em Saúde

Conferir

O Programa




Mestrado Profissional Inovação no Ensino Superior em Saúde



O compromisso da Universidade de São Caetano do Sul com a formação de profissionais qualificados para atender as necessidades de saúde da Região do ABC, em alinhamento com a percepção da Coordenadoria da Área de Ensino da CAPES (Documento de Área- Diretoria de Avaliação, 2013), que expressa as dificuldades da Educação Superior em nível de graduação para atender de forma satisfatória a crescente população de ingressantes em cursos nas áreas relacionadas a urgentes demandas sociais, com destaque para a saúde, apresenta nesse documento uma proposta uma proposta para a criação de um Curso de Mestrado Profissional na área de Ensino, que tem como missão contribuir para a ampliação do acesso à saúde com qualidade, por meio da formação de profissionais envolvidos nas graduações das profissões em saúde, com a produção e disseminação de conhecimento aplicável e implantação de projetos nas instituições de ensino dos participantes. Nesse sentido, o presente curso tem como público-alvo docentes e profissionais de saúde atuantes nas atividades de ensino.

Frente a um cenário de recursos financeiros insuficientes, com um crescente aumento de gastos em saúde e o envelhecimento da população brasileira, verifica-se cada vez mais a necessidade de reorganização do modelo assistencial que demanda a incorporação de novas tecnologias de educacionais que proporcionem a formação de profissionais de saúde com foco na integralidade do cuidado, para contrapor um modelo vigente na formação, orientado por conteúdos, que se reflete na fragmentação do cuidado. No campo educacional, essas necessidades se expressam por meio da expansão das Escolas Médicas com a Lei dos Mais Médicos e nas mais recentes alterações propostas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais das Graduações de Saúde, que destacam a formação de profissionais baseados em perfis de egressos para atender os principais problemas de saúde da população com um olhar integral e humanizado. Para tanto, as Diretrizes Curriculares destacam a necessidade de maior carga horária na formação em contextos de prática, principalmente na Atenção Primária à Saúde e a adoção de metodologias ativas de ensino aprendizagem com base em um currículo integrado.

Nesse sentido, o objetivo do Programa Inovação no Ensino Superior em Saúde é proporcionar a formação de profissionais diferenciados, baseado em perfil de competência que contemple a produção de conhecimento aplicável nas instituições de nível superior e nos contextos de prática para a condução de intervenções de impacto social, sanitário e educacional no âmbito do Sistema Único de Saúde.


Fechar

Área de Concentração




Inovações Educacionais em Saúde
Orientada pela Integralidade do Cuidado:



A Área de Concentração Inovações educacionais em saúde orientadas pela integralidade do cuidado pertence à área Ensino, subárea temática Ensino em Saúde. A vocação dessa área está relacionada com a necessidade de formação de profissionais qualificados para o sistema de saúde brasileiro, por meio da elaboração de currículos integrados e do planejamento e alinhamento entre as instituições formadoras de profissionais de saúde e os profissionais envolvidos no ensino atuantes nas redes de atenção à saúde, com o objetivo de ampliar o acesso ao cuidado com qualidade e segurança. Nesse sentido, espera-se produção de conhecimentos e intervenções na formação de profissionais em graduações e pós-graduações em saúde.




Linhas de Pesquisa



Linha 1 – Currículo Integrado em Saúde:

A linha de pesquisa tem como objetivo proporcionar aos profissionais participantes o desenvolvimento de capacidades de elaborar, implantar e avaliar ações educacionais no ensino superior em saúde. Propõe uma abordagem inovadora para construção de currículos integrados, com metodologias ativas de ensino aprendizagem, estratégias de aprendizagem e sistemas de avaliação.


Linha 2 – Ensino em Saúde nos Contextos de Prática do SUS:

A linha de pesquisa tem como objetivo proporcionar aos profissionais participantes o desenvolvimento de capacidades de elaborar, implantar e avaliar projetos e ações educacionais nos contextos de prática do ensino em saúde, com a introdução de estratégias educacionais nos serviços de saúde que proporcionem integração entre universidade e rede de atenção, de forma a proporcionar melhorias tanto na formação profissional dos cursos graduação quanto na atenção à saúde da população.

Fechar

Perfil do profissional a ser formado





Para construção do perfil do egresso, o grupo de autores da proposta considerou a percepção de vários docentes das graduações de saúde que identificaram como principais problemas na formação de profissionais de saúde: falta de articulação entre ensino e serviço, ausência de formação pedagógica junto aos preceptores, desmotivação dos estudantes com o cenário de prática atenção primária, resistência dos docentes à utilização de metodologias ativas de ensino aprendizagem em currículo integrado e necessidade da reformulação dos programas à luz das propostas das recentes Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos da saúde. Para fazer frente a esses problemas foram mapeadas as capacidades necessárias para enfrentá-los.

Ao final do curso espera-se formar um profissional apto a:

Fechar

Coordenação




Rosamaria Rodrigues Garcia

Rosamaria Rodrigues Garcia

Fisioterapeuta, Doutora em Ciências pela Faculdade de Saúde Públia da Universidade de São Paulo, na área de Serviços de Saúde Pública (2016), Mestre em Saúde Públia pela Faculdade de Saúde Públia da Universidade de São Paulo (2002), Especialista em Gerontologia pela SBGG - Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (2013), possui especializado em Fisioterapia em Geriatria e Gerontologia pelo Hospital das Clínias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é docente da Universidade Munidpal de São Caetano do Sul, no Prograrre de Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde e na Graduado. É docente do Prograrre de Pós-Graduado Lato Sensu em Gerontologia do Centro Universitário São Carrilo. Leciona desde 2000 em Cursos de Graduado, Pós Graduado e Universidade Aberta a Terceira Idade. Tem experiência dínia em Saúde Pública, Saúde Coletiva, Gerontologia, Fisiotorapia em Geriatria e Gerontologia e Asioterapia em Saúde Coletiva, além de gestão de equipe interdisdplinar e de Centros de Reabilitação e na temátia Ensino em Saúde, aluando prindpalmeite nos seguintes terras: ensino em saúde, gerontologia, saúde coletiva, saúde pública, práticas de cuidado e instituido de longa permanência para idosos.

E-mail: rosamaria.garcia@online.uscs.edu.br

Linhas de Pesquisa: Ensino em Saúde nos Contextos de Prática do SUS

Grupo de Pesquisa: Grupo de Pesquisa em Promoção da Saúde - USCS, Direitos Humanos, Mecanismos de Acesso e Formação Cidadã - USCS



Corpo Docente



Amanda Costa Araujo

Amanda Costa Araujo

Doutora pela Universidade da Cidade de São Paulo - UNICID (2015-2019), mestre pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2013-2014). Pós Graduada em Terapia Manual (2013) pela Universidade do Norte do Paraná - UENP. Graduada pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2009-2012). Atualmente é pesquisadora no Programa de Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde - PPGES e professora doutora na Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS.

E-mail: amanda.araujo@online.uscs.edu.br

Linha de Pesquisa: Currículo Integrado em Saúde.

Resumo: A Prática Baseada em Evidências (PBE) consiste na tomada de decisão consciente que é baseada não somente em evidência científica, mas também nas características e preferências do paciente e no expertise do profissional. O volume de informações proveniente de pesquisas clínicas está crescendo rapidamente e o modelo de atendimento através do uso de evidências clínicas de alta qualidade tem se tornado fundamental para auxiliar na tomada de decisão clínica. No entanto, a aderência à PBE não é proporcional à quantidade de artigos científicos publicados. O projeto de pesquisa tem como objetivo dar ferramentas teóricas e práticas para que o estudante ou profissional de saúde consiga pesquisar artigos científicos, interpretar e utilizar na prática clínica tratamentos que tenham eficácia comprovada cientificamente. Desta forma, a disciplina de PBE será proposta em diferentes níveis educacionais para estudantes de graduação, pós graduação, estágio e para preceptores de universidades, afim de, analisar o nível de aprendizado dos alunos e profissionais de saúde sobre qual melhor momento para integração da disciplina no currículo de diferentes cursos da área da saúde.

Carlos Alexandre Felício Brito

Carlos Alexandre Felício Brito

Doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2005). É Professor Doutor da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS).. Atua nos Strictu Sensu da USCS em dois programas: i) Mestrado Profissional em Educação; ii) Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde. Atualmente, compõe o grupo de avaliadores do MEC-INEP. Pesquisa sobre formação de professores - Professional Noticing.

E-mail: carlos.brito@online.uscs.edu.br

Linha de Pesquisa: Currículo Integrado em Saúde

Áreas de interesse para orientação: Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC's). Aprendizagem Significativa Critica. Auto eficácia. Processo de Ensino em Contexto de saúde. Formação Profissional. Metodologias Ativas.

Grupo de Pesquisa: Grupo de Estudo e Pesquisa em Metodologias Ativas para Formação Docente e Ensino (GEPMAFE)

Celso Machado Júnior

Celso Machado Júnior

Possui graduação em Licenciatura Plena pela Faculdade de Educação Física de Santo André (1990), Mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2000); Doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2005). É Professor Doutor da Universidade Paulista e Professor-ID da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Exerce a função na USCS na graduação no Núcleo Comum (Metodologia da Pesquisa) e na área da Educação Física (Disciplinas Específicas). Atua nos Strictu Sensu da USCS em dois programas: i) Mestrado Profissional em Educação; ii) Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde. Atualmente, compõe o grupo de avaliadores do MEC-INEP e Gestor do Programa de Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde da USCS.

E-mail: celso.machado@online.uscs.edu.br

Linha de Pesquisa: Currículo Integrado em Saúde

Grupo de Pesquisa: Grupo de Estudo e Pesquisa em Metodologias Ativas para Formação Docente e Ensino (GEPMAFE)

Daniel Leite Portella

Daniel Leite Portella

Graduado em Educação Física, Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Atuação na área do ensino em saúde com ênfase na prática reflexiva e no pensamento crítico. Atuação na área da educação física com ênfase em exercício físico aplicado à saúde e ao esporte. Líder responsável do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ensino Reflexivo em Saúde (GEPERS). ORCID: 0000-0002-5259-9049

E-mail: daniel.portella@online.uscs.edu.br

Linhas de Pesquisa: Linha de Pesquisa: Currículo integrado em saúde

Grupo de Pesquisa: Grupo de Estudos e Pesquisa em Ciências do Exercício Físico (GEPECEF) Os objetos de estudo e pesquisa do GEPECEF são: 1) prática reflexiva na área da ciência do exercício físico.; 2) exercício fisico aplicado à saúde; 3) exercício físico aplicado ao desempenho físico

José Lucio Martins Machado

José Lucio Martins Machado

Médico, formado pela FM Jundiaí, fez Residência Médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Pediátrica na Faculdade de Medicina de Botucatu. Mestre e doutor em Cirurgia pela UNESP. Especialista em Pedagogia do Ensino Superior pela University of Tampere, Finlândia. É fundador e Chief Executive Director da INSPIRALI - Organização Vertical de Governança dos Cursos de Medicina da ÂNIMA EDUCAÇÃO. Professor Assistente Doutor de Cirurgia Pediátrica da FM UNESP - Botucatu. Pesquisador e Orientador do Mestrado em Inovação do Ensino em Saúde da USCS. Tem 61 artigos publicados em periódicos, 1 livro e 20 capítulos de livro. Como consultor em Educação Médica capacitou 2.300 docentes em Metodologias Ativas para o Ensino da Medicina e implantou 56 cursos de medicina no País nos últimos 22 anos.

Linhas de Pesquisa: Currículo integrado em Saúde, Ensino em Saúde nos Contextos de Práticas do SUS

Lena Peres

Lena Peres

Médica com mestrado em Pediatria e doutorado em medicina pela Univ. Federal de São Paulo (UNIFESP), especialista em Gestão da Atenção à Saúde pela Fundação Dom Cabral (FDC) e em Saúde Pública pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Ocupou diversos cargos na gestão federal. No Ministério da Saúde ena Presidência da República foi Assessora Especial do Gabinete de informação para apoio a decisão no Gabinete da Presidência da República e também no Gabinete do Ministro da Saúde. Foi coordenadora da área técnica de Saúde da Mulher, Diretora adjunta do Departamento de Ações programáticas e Secretária Nacional de Promoção e Defesa de Direitos Humanos. Na docência já trabalhou na UEPA, Universidade do Estado do Pará, em cursos de pós graduação do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio libanês. Atualmente é coordenadora e facilitadora no projeto PROADI — do Hospital Alemão Oswaldo Cruz -Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS, que realiza o monitoramento do Planejamento Estratégico das 27 Secretarias Estaduais de Saúde. Há quatro anos é professora de graduação na Universidade São Caetano do Sul (USCS) no curso de Medicina e no Mestrado Profissional de Inovação do ensino superior para área de saúde também na USCS. Na extensão é pesquisadora d Reserva de Desenvolvimento sustentável Mamirauá. Na empresa Inspirali da Ânima Educação é Diretora de Formação e Desenvolvimento da Docência. Tem experiência em Gestão de Políticas Públicas, Saúde Coletiva, com ênfase na Gestão da Atenção à Saúde, Gestão hospitalar, Gestão da Clínica, Saúde Suplementar e Complementar, e é especialista em Ensino com Metodologias Ativas de aprendizado.

Sandra Regina Mota Ortiz

Sandra Regina Mota Ortiz

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Doutorado em Fisiologia Humana, pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo. Possui Pós Doutorado pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, onde atuou no Departamento de Fisiologia e Biofísica de 2002 a 2004 e no Departamento de Anatomia de 2004 a 2009; tendo trabalhado com o estudo da modulação de comportamentos motivados. Atua como professora titular do Curso de Medicina da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) desde 2014, onde coordena o primeiro ciclo do curso do campus Bela Vista, a unidade de práticas funcionais e o laboratório de práticas e pesquisas. Capacita professores universitários em cursos de Medicina em Metodologias Ativas de Ensino e Aprendizagem em Especial na Aprendizagem Baseada em Problemas o PBL, na Aprendizagem em Baseada em Equipes - TBL e na Problematização. Atua como professora do Programa de Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde - USCS, na Área de Inovações Educacionais em Saúde Orientada pela Integralidade do Cuidado. Tem experiência na área de Neurociências e Comportamento.

Leandro Bueno

Leandro Bueno Lima

Pós-doutorado, Doutorado e Mestrado em Fisiologia Humana (ênfase em neurociência) pela USP. Graduado em Fisioterapia pela UNIVALE. Pesquisador no Programa de Mestrado Profissional em Inovação no Ensino Superior em Saúde - PPGES. Professor doutor da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), na disciplina Anatomia Humana. Membro da Sociedade Brasileira de Anatomia (SBA). Criador do canal “Professor Leandro Bueno” no youtube, com 39 mil inscritos. Onde ministra aulas práticas de anatomia humana.

E-mail: leandro.bueno@online.uscs.edu.br

Linhas de Pesquisa: Currículo Integrado em Saúde.

Marcela Charantola Rodrigues

Marcela Charantola Rodrigues

Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru - Universidade de São Paulo (2008), mestrado em Ciências Odontológicas aplicadas à Dentística pela Faculdade de Odontologia de Bauru - Universidade de São Paulo (2011) e doutorado em Ciências odontológicas aplicadas à Biomateriais e Biologia Oral pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (2014). Em 2017, concluiu o pós-doutorado em Biomateriais e atualmente atua como pesquisadora colaboradora do Prof. Dr. Roberto Ruggiero Braga da Faculdade de Odontologia - Universidade de São Paulo. Em 2019 ingressou como docente na Universidade Municipal de São Caetano do Sul ministrando aulas nos cursos de Odontologia e Medicina, e atualmente está inserida como docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Inovação no Ensino Superior em Saúde da mesma universidade.

E-mail: marcela.rodrigues@online.uscs.edu.br

Linhas de Pesquisa: Ensino em Saúde nos Contextos de Práticas do SUS.

Fechar

Investimento



O Programa de Mestrado Profissional Inovação no Ensino Superior em Saúde, da USCS, é pago em 24 mensalidades.


Descontos especiais para ex-alunos USCS:


Egressos da USCS, em razão de sua fidelidade à Universidade, contam com o desconto nas mensalidades conforme abaixo:

* Descontos não incidem sobre os valores da matrícula e das rematrículas.


Descontos especiais para instituições e empresas conveniadas


Fechar

Disciplinas




Obrigatórias

Optativas


Fechar
Fechar
Fechar
Fechar
Fechar
Fechar

Mais Informações



Informações na secretaria da Pós-Graduação


Horários de funcionamento: das 8h30 às 12h00, das 13h00 às 17h30 e das 18h30 às 22h00

Tel.: 4227-7819 / 4227-7820 / 4227-7818

E-mail: denise.rossito@online.uscs.edu.br

E-mail: ana.silva@online.uscs.edu.br

E-mail: posstricto@online.uscs.edu.br


Campus Conceição

Rua Conceição, 321 - Santo Antônio - São Caetano do Sul - CEP: 09530-060

Fechar

Notícias e Eventos




Apresentação USCS


USCS e a HUB Biosphere


USCS e a Pandemia


Webinar – A importância da alfabetização Científica


Webinar - O pensamento crítico no ensino superior em saúde


Webinar - O pensamento crítico na formação do profissional de saúde


Webinar - Prática profissional conhecimento e inovação

Fechar
Fechar